O que esperar para o Natal de 2011?

O  Índice de Confiança  do Consumidor (ICC) da Fecomércio-SP, cujo objetivo é identificar o sentimento dos consumidores levando em conta suas condições econômicas atuais e suas expectativas quanto à situação econômica futura, tem ficado perto dos 150  pontos desde março desse ano. Para melhor interpretar o ICC, é importante  entender que ele varia de 0 (pessimismo total) a 200 (otimismo total).

Acompanhe no gráfico a seguir a quantas tem andado esse indicador na capital paulista. Note que ele é profundamente influenciado pelas notícias da imprensa. Por exemplo, na época do mensalão, em meados de 2005, caiu a seu patamar mais baixo desses últimos anos.

Mas, a essa altura do ano, terminando outubro, o que esperar para o Natal? Bem, se o humor de outubro prevê o humor do Natal, como aconteceu em muitos outros anos, teremos um Natal mais parecido com o de 2009 do que com o de 2010. É esperar para ver. Se fosse ao contrário, seria melhor.

ICC-Índice de Confiança do Consumidor FECOMÉRCIO-SP

Informações fresquinhas sobre a Internet

Seguem alguns números sobre a Internet recém obtidos:

Brasil
Ocupa importante posição na Internet no cenário internacional.
É o quinto país em termos de computadores host conectados à rede (15.929.346 em jul/09) com 1.848.161 domínios registrados em set/09.
Temos 67,510,400 usuários de Internet em dez/08 (ITU-cg.br).

Estados Unidos
É o país com mais hosts conectados à Internet (383.448.294 em jul/09).
Tem 227,636,000 usuários de Internet (jun/09), 74,1% da população (Nielsen//NetRatings).

Fontes:
www.cg.org.br/indicadores/brasil-mundo.htm#mundo
www.internetworldstats.com/top20.htm

41,565 Milhões de Internautas Brasileiros

INTERNAUTAS NO PAÍS
Segundo estudo do Ibope Net Ratings, havia 41,565 milhões de internautas no país no primeiro trimestre de 2008. O total refere-se a maiores de 16 anos que acessam a rede em qualquer ambiente, o que inclui a residência, escola, trabalho, lan houses e outros. O crescimento anual foi de animadores 25,4%.

LOCAL DE ACESSO
O estudo também aponta que 35,5 milhões de brasileiros tinham acesso em casa, dos quais 23,1 milhões foram considerados ativos, isto é, acessaram a rede pelo menos uma vez no mês.

TEMPO DE NAVEGAÇÃO
O tempo médio de navegação do brasileiro aumentou em uma hora e um minuto, chegando a 23 horas e 48 minutos por mês. Entre os 10 países onde a pesquisa é feita os brasileiros seguem sendo a população que mais tempo passa navegando. O Japão está em segundo lugar (21 horas e 34 minutos), França em terceiro (20 horas e 23 minutos) e Estados Unidos em quarto (19 horas e 46 minutos).

BANDA LARGA
Um dado surpreendente: do total de usuários ativos, 81,5% têm acesso à banda larga. Segundo Alexandre Magalhães, gerente do Ibope Net Ratings, a classe C está indo direto para a banda larga

Brasil x Estados Unidos

Já que é dia de visita do presidente Bush ao Brasil, aproveito para trazer algumas comparações entre os dois países. Os números falam por si:
-A população dos Estados Unidos é de 300 milhões de habitantes, a do Brasil 188 milhões (2007).
-Há 113.146.000 de domicílios nos Estados Unidos (2004), no Brasil há 49.712.307 (2003).
-A renda média familiar anual nos Estados Unidos é de US$ 44.400 dólares, no Brasil a renda familiar média é de US$ 9.400.
-O PIB dos Estados Unidos é de 12 trilhões, o do Brasil US$ 880 bilhões.
-Nos Estados Unidos o varejo fatura US$ 4,160 trilhões (2005) e no Brasil US$ 280 bilhões (2004). Só o Wal-Mart em 2005 faturou US$ 315 bilhões.

Em tempo: fechar as principais avenidas em São Paulo para a passagem do presidente norte-americano é uma vergonha. Não sou e nunca fui anti-yankee, mas esse é o tipo de atitude que nos faz entender porque muitos são…

Fontes: IBGE, U.S. Census Bureau, http://www.wal-mart.com

Você sabia que…

Fazemos uma imagem às vezes negativa demais do Brasil. Consultando os resultados da última PNAD (2005), alguns números me surpreenderam. Positivamente.

  • O Brasil tem mais de 53 milhões de domicílios
  • 97,2% têm energia elétrica
  • Há telefones em 71,6% deles
  • Televisores estão presentes em 91,4% dos lares
  • Geladeiras em 88% dessas casas
  • Há microcomputadores em 18,6% delas
  • 88,7% desses são casas; só 10,9 de apartamentos
  • 73,5% são imóveis próprios

Sim, temos muito a melhorar, mas um pouco de boas notícias de vez em quando não faz mal a ninguém.

Bom carnaval!

Fonte: IBGE